Ontem

  

 Bruno Kampel





Nunca uma noite
foi tão longa
nem tão densa.


Jamais tua presença
foi tão morna
nem tão tensa.


Nunca jamais
navegar você
será tão pleno.


Velejarei a lembrança
dessa noite, remando
eternamente.

 

 

 

 

Procura pelo nome do autor, ou
pelo título, ou por uma palavra avulsa:

 




Poema de Amor Noite em claro Nova era
O convite  Amor virtual Insone
Promessa Poetando Ontem
Solitude Sim! Ela 
Mulher Metamorfose   Amanhecer  
Saudade Senhora Amanhã